Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE
FALSE

Hover Effects

TRUE
HIDE_BLOG

Últimas:

latest

Ads Place

O ódio manifesto que os apologistas católicos tem contra a Bíblia

O ódio que apologistas católicos manifestam contra a Bíblia Se você, protestante, está sendo xingado, escarnecido, perseguido e vil...

Caractere Ódio

O ódio que apologistas católicos manifestam contra a Bíblia

Se você, protestante, está sendo xingado, escarnecido, perseguido e vilipendiado por debatedores católicos sem nenhuma decência ou civilidade em fóruns de discussão, fique tranquilo, pois eles fazem isso com qualquer um que entra no caminho deles – inclusive, é claro, com a Bíblia. Basta frustrar seus planos e estragar seus embustes, que eles já partem para o ataque frenético e desequilibrado com o mesmo furor e cólera que tem contra a Bíblia. A maioria nem suporta mais ouvir o termo "Bíblia", que lhes causa calafrios. Mas não poderíamos esperar nada diferente como fruto de uma Igreja que desde que surgiu serviu apenas para perseguir a Bíblia e os que nela creem. [Lucas Banzoli]

Esse é o valor que eles atribuem à Bíblia: além de não ser a palavra de Deus, são “palavras do capeta”, é "igual livro de macumba", é um livro “perigoso” que faz as pessoas “caírem na ruína”, que está abaixo do papa e que pode levar à perdição, que não tem luz nenhuma, que é “bastante incompleto”, que “pode nos corromper” e que serve apenas como papel higiênico para limpar aquele lugar (isso quando não queimam). Esse é o profundo ódio e desprezo que os apologistas católicos têm pela Bíblia, e tudo isso só porque ela corta o barato deles, desmascarando suas fraudes, denunciando suas heresias e tirando milhões de pessoas da "mãe de todas as abominações da terra" (Ap 17:5) para conhecerem a verdade que liberta (Jo 8:32).

Saiba mais no mais novo artigo elaborado pelo Lucas Banzoli: Quem disse que a Bíblia não é a Palavra de Deus?




Nenhum comentário

Política de moderação de comentários:
1 - Poste somente o necessário. Se quiser colocar estudos, artigos ou textos grandes, mande para nós por e-mail: resistenciaapologetica@gmail.com

2 - A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Comentários com conteúdo ofensivo não serão publicados, pois debatemos idéias, não pessoas. Discordar não é problema, visto que na maioria das vezes redunda em edificação e aprendizado. Contudo, discorde com educação e respeito.

3 - Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

4 - Não aprovamos comentários que contenham ataques, deboches ou críticas irrelevantes e sem nada a acrescentar.

5 - Comentários que fogem do assunto da postagem serão limitados. Se quiser fazer uma crítica ou sugestão, utilize a página de Contato.

6 - Comentários tumultuosos e que apenas repetem objeções já abordadas e respondidas no artigo, serão ou deletados ou receberão uma dura resposta pela desatenção do autor.

7 - A aprovação de seu comentário seguirá os nossos critérios. O Blog Resistência Apologética tem por objetivo à edificação e instrução. Comentários que não seguirem as regras acima e estiver fora do contexto do blog, não serão publicados.

Para mais informações, clique aqui!