Page Navigation

HIDE

Grid

GRID_STYLE
FALSE
HIDE_BLOG

Ads Place

Associação de ateus sofre derrota judicial em relação ao Museu da Bíblia

Associação de ateus sofre derrota judicial ao tentar impedir construção do Museu da Bíblia em Brasília  A  Associação Brasileira de Ateus e ...

Museu da Bíblia


Associação de ateus sofre derrota judicial ao tentar impedir construção do Museu da Bíblia em Brasília 


A Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos (ATEA) entrou com ação contra o Distrito Federal e o governador Ibaneis Rocha  mas teve seu pedido negado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

A decisão é do juiz Paulo Afonso Cavichioli Carmona, da 7ª Vara de Fazenda Pública de Brasília. Segundo o magistrado, que consentiu à defesa dos responsáveis pela obra, a Bíblia ainda é considerada patrimônio histórico da humanidade e, o museu, não será um templo. Ele concluiu falando sobre a laicidade do estado, explicando que não é motivo para excluir o reflexo cultural do livro mais influente do Brasil. O pedido liminar para suspensão das obras e dos procedimentos licitatórios foi, então, negado.

Esboço do Memorial da Bíblia



O Museu da Bíblia é inspirado em uma ideia desenvolvida, em 1987, por Oscar Niemeyer. O arquiteto elaborou croquis e um estudo preliminar para um projeto chamado “Memorial da Bíblia”, que ganhou o direito a um terreno de 15 mil metros quadrados no Eixo Monumental. A obra está orçada em R$ 80 milhões e vai ocupar um terreno de 10 mil metros quadrados e ficará sob a gestão da Sociedade Bíblica do Brasil após a inauguração. A ideia é que o Museu da Bíblia receba mais de 100 mil visitantes por ano.

Presidente do Instituto Niemeyer e coautor do projeto, o arquiteto Paulo Sérgio Niemeyer, bisneto de Oscar, é o responsável pelo detalhamento dos projetos básico e executivo, que possibilitam a execução da obra.

– O Museu da Bíblia é uma síntese de um trabalho do Oscar Niemeyer em termos de arquitetura e de estrutura. Como ele mesmo descreve no croqui original, ele queria que a construção surgisse do chão como algo que viesse da natureza.

Em 2019, o governador Ibaneis Rocha retomou a ideia do projeto e assinou, em outubro, um termo de compromisso para aplicar recursos de emendas parlamentares na construção do memorial. Algo que desagradou a ATEA que alegou ser uma afronta à liberdade religiosa e à laicidade do Estado pois não é seu papel construir monumentos religiosos. 

Para todos os efeitos, foram prontamente refutados e conscientizados sobre a relevância e validade do monumento.

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este e outros artigos publicados no site Resistência Apologética em qualquer formato, pede-se apenas a cortesia de citar a fonte e o autor. Não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais. Obrigado!

COMENTE! LEIA NOSSAS REGRAS ▼
POLÍTICA DE MODERAÇÃO DE COMENTÁRIOS :
A aprovação do seu comentário seguirá os nossos critérios abaixo:

1 - Poste somente o necessário. Se quiser colocar estudos, artigos ou textos grandes, mande para nós por e-mail: resistenciaapologetica@gmail.com

2 - A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Comentários com conteúdo ofensivo não serão publicados, pois debatemos idéias, não pessoas. Discordar não é problema, visto que na maioria das vezes redunda em edificação e aprendizado. Contudo, discorde com educação e respeito.

3 - Comentários de "anônimos" não serão necessariamente postados. Procure sempre colocar seu nome no final de seus comentários (caso não tenha uma conta Google com o seu nome) para que seja garantido o seu direito democrático neste blog. Lembre-se: você é responsável direto pelo que escreve.

4 - Não aprovamos comentários que contenham ataques, deboches ou críticas irrelevantes e sem nada a acrescentar.

5 - Comentários que fogem do assunto da postagem serão limitados. Se quiser fazer uma crítica ou sugestão, utilize a página de Contato.

6 - Comentários tumultuosos e que apenas repetem objeções já abordadas e respondidas no artigo, serão ou deletados ou receberão uma dura resposta pela desatenção do autor.

7 - O Blog Resistência Apologética tem por objetivo à edificação e instrução. Comentários que não seguirem as regras acima não serão publicados.
Para mais informações, clique aqui!
1 comentários via Blogger
comentários via Facebook
  1. Eu apoiaria um museu da Bíblia em Brasília, já que a religião praticada desde o princípio em Brasília é católica

    ResponderExcluir